(41) 99201 2700 (41) 3027 7200 sergiocorreia2700@me.com

Moldagem digital: tecnologia na odontologia

Aparelhos de scanner que permitem a moldagem digital tornam o processo ainda mais tecnológico, especialmente para os pacientes avessos à moldagem tradicional

Realizar o molde dos dentes ainda pode ser traumatizante para alguns pacientes, principalmente os mais ansiosos e sensíveis, que ficam apreensivos e com receio de engasgar. Hoje em dia, apesar de a moldagem manual ser simples e extremamente eficiente na maioria dos casos, os pacientes também podem contar com o processo de moldagem digital, realizado com o scanneamento dos dentes.

“É um processo da alta tecnologia, que alia segurança e modernidade no procedimento, especialmente para os pacientes que se incomodam com o método convencional”, afirma Sergio Correia, dentista em Curitiba que aplica o processo digital em seu consultório, localizado no Batel, caso seja da vontade do paciente. 

Na moldagem digital, o paciente tem os dentes scanneados via scanner intraoral. Feito isso, o processo é todo realizado no computador, pelo técnico, que faz o desenho do dente. Uma impressora 3D realiza a impressão do modelo e uma máquina confecciona a porcelana, tudo automatizado.

Além de otimizar o processo e oferecer maior previsibilidade, o método acaba com os problemas de ânsia em pacientes sensíveis à moldagem convencional. No entanto, Correia explica que, dependendo do caso, o método tradicional é mais efetivo e pode ser necessário.

Convencional e digital juntos

Para quem não tem problemas com o método do molde convencional, é possível mesclar os dois procedimentos: utilizar a moldagem convencional com a odontologia digital. Esse é o método mais procurado nas clínicas de odontologia, até porque o scanner pode apresentar algumas dificuldades nas moldagens subgengivais.

Nesta metodologia, é possível moldar da maneira convencional e vazar o gesso para adquirir o modelo. A partir disso, o laboratório pode escanear o modelo e trabalhar toda a confecção da prótese de forma digital.

“Ambos os processos são excelente e eficazes. Os métodos estão mudando para beneficiar o paciente, que pode escolher qual o que mais se encaixa em seu perfil. Em alguns casos, contudo, o método tradicional é mais eficiente para que o resultado final seja atingido”, salienta o dentista.  

A Odontologia Digital já está presente na Clínica Sergio Correia faz alguns anos, com o aparelho de anestesia computadorizada ou com o Digital Smile Designer, que realiza o planejamento do sorriso, por exemplo.

Que tal realizar a sua prótese, faceta de porcelana ou outro procedimento que necessite de uma moldagem aqui com a gente? Agende a sua avaliação!

Informações do Autor

Dr. Sergio Correia

Formado em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná em 1997. Professor do Curso de Resolução Cirúrgica de Dentes Inclusos ABO-PR. Especialista em Dentística Restauradora ABO-PR (Latu Sensu). Especialista em Periodontia ABO-PG (Latu Sensu). Credenciado Sistema Neoguide de Implantes. Pós Graduado em Implantes Ilapeo/PR. Membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE). Membro International Federation of Esthetics Dentistry (IFED).