(41) 99201 2700 (41) 3027 7200 sergiocorreia2700@me.com
Tecnologia na Odontologia em Curitiba

Tecnologia na odontologia: equipamentos digitais auxiliam em tratamentos

Conheça quais os equipamentos mais utilizados nas grandes clínicas e saiba como a tecnologia na odontologia otimiza os tratamentos, garantindo mais segurança e conforto para o paciente

A tecnologia na odontologia em Curitiba cresce a cada dia que passa. Afinal de contas, assim como o profissional precisa se manter atualizado constantemente, os equipamentos também precisam ser renovados e modernizados com frequência, acompanhando a evolução tecnológica que ocorre em todas as áreas.

Lançamentos e novidades aparecem no mercado de tempos em tempos com o objetivo de facilitar o trabalho do profissional e de proporcionar mais bem-estar, conforto, tranquilidade e segurança ao paciente, sobretudo no que diz respeito ao processo em si e ao pós-tratamento.

“Apostamos na qualidade dos equipamentos utilizados, de marcas certificadas e que garantem a eficiência do procedimento. Isso, somado ao conhecimento profissional, garante resultados de sucesso, além de mais segurança e tranquilidade ao paciente”, afirma Sergio Correia, dentista em Curitiba há mais de 20 anos, com moderno consultório localizado no Edifício Brasil 500, no Batel.

Os destaques do mercado

Cadeira New Versa conta com múltiplas funcionalidades

A Clínica Sergio Correia oferece aos seus pacientes conforto e segurança, começando pela cadeira de atendimento, modelo que já foi eleito como a melhor em estética e em tecnologia. Além do design moderno e ergométrico e estofamento com massageador, a cadeira conta com controle por Ipad – favorecendo o manuseamento das funções -, seis terminais (2 fibras óticas, motor de implante, seringa tríplice com Led aquecida, ultrassom e bicarbonato), sensor de nível de fluídos, câmera intraoral – que permite aos pacientes enxergar o interior da boca -, refletor, kit multimídia, e outros acessórios para auxiliar o profissional.

Paciente aproveitando o recurso multimídia e assistindo a um DVD durante o tratamento

“Ela acalma os pacientes mais ansiosos e dá mais segurança para o profissional realizar o seu trabalho, oferecendo as ferramentas necessárias para qualquer procedimento”, comenta Correia. A câmera intraoral, por exemplo, permite ao profissional avaliar os dentes, língua e gengiva, com imagens que podem ser ampliadas em até 50 vezes e ficam disponíveis no monitor. Dessa forma, ganha-se mais um acessório capaz de evitar falhas e até mesmo esclarecer ao paciente sobre a necessidade de um procedimento.

Medo do dentista

Quase 15% dos brasileiros não visitaram um dentista por ter medo, seja dos barulhos feitos pelas turbinas ou mesmo da agulha usada para anestesias. Trata-se da segunda razão mais citada para não procurar um profissional da odontologia, conforme uma pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), com dados de 2014. O medo supera até mesmo a falta de tempo e de recursos financeiros, perdendo apenas para a resposta “não tenho necessidade”.

Visitar o dentista duas vezes ao ano é uma das recomendações mais conhecidas dos pacientes, mas é difícil fazer isso quando se tem medo do profissional. Essa tecnologia também faz com que os famosos “barulhinho das brocas” e “medo da anestesia” sejam coisas do passado.

“As novas tecnologias permitem ao profissional realizar tratamentos menos invasivos e traumáticos nos pacientes, sendo mais efetivos e com recuperações muito mais rápidas”, explica o especialista em Odontologia Estética em Curitiba.

Até mesmo tratamentos mais complexos, como os implantes dentários, enxertos ósseos e a retirada de sisos inclusos, se tornam mais simples com os equipamentos e exames adequados. A Clínica Sérgio Correia está cada vez mais equipada com os aparelhos indicados para fazer o exame correto do quadro do paciente. “Na nossa avaliação inicial, utilizamos lupas e fotografias com máquinas fotográficas próprias para a odontologia, assim conseguimos avaliar todos os detalhes”, esclarece.

A presença de outros equipamentos no consultório, por exemplo, diminui a probabilidade de que os pacientes sintam dor. A agulha da anestesia costuma gerar temor em quem senta na cadeira do profissional. Contudo, a clínica conta com o mais moderno sistema de anestesia computadorizada, o The Wand, que controla o fluxo do anestésico, garantindo a redução da dor e dos efeitos colaterais. “A técnica oferece mais segurança, conforto e conveniência”, analisa Correia. Tem ainda o Rx digital, que possibilita um bom e rápido diagnóstico, os aparelhos de profilaxia e instrumentais de qualidade.

The Wand, a anestesia computadorizada

Outro equipamento muito importante no preparo das facetas de porcelana é o CVDentus. Criado por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o aparelho permite ao profissional realizar o tratamento sem o “barulho das brocas” e na maioria das vezes sem anestesia – algo que amedrontava nove entre dez pacientes. Mais importante: além de aumentar o conforto, o tratamento preserva muito mais as estruturas dentárias.

Esse aparelho também é indicado nos procedimentos cirúrgicos e uma excelente opção para cirurgias de sisos e enxertos ósseos. Por meio dele, é possível proporcionar cortes menos traumáticos, melhorando o pós-operatório e acelerando o retorno do paciente a suas atividades do dia a dia. “Procuramos também investir em cursos para estar sempre atualizado às tendências e na infraestrutura necessária para oferecer as tecnologias mais avançadas, conforto e segurança aos pacientes”, destaca o dentista em Curitiba.

Simulando resultados

Como os avanços tecnológicos, é possível, inclusive, saber o resultado estético do tratamento antes mesmo de realizá-lo: estamos falando do Digital Smile Design (Planejamento digital do sorriso). “Trabalhamos o visagismo e a harmonização facial para trazer um resultado mais próximo da perfeição e da naturalidade”, salienta Correia.

Assim, o paciente consegue saber como ficará o seu sorriso e as técnicas que serão usadas, o número de sessões necessárias e outros detalhes antes de qualquer coisa.

“Quando lidamos com a odontologia estética, estamos falando, em outras palavras, da autoestima do paciente, algo que pode acarretar em benefícios em todas as esferas de sua vida. Por isso, temos um cuidado especial em cada um dos casos”, comenta o profissional.

Materiais certificados

Não bastam equipamentos modernos se o material utilizado não for de excelência. Por isso, na Clínica Sergio Correia são utilizados materiais com certificações de qualidade e garantias, como a suíça Straumann e a brasileira Neodent, marcas líderes quando o assunto é implantodontia.

“Juntar técnicas, certificação material e equipamentos de última tecnologia só garantem o melhor para nossos pacientes. Ficamos satisfeitos de trabalhar todos os dias com os melhores do mercado, ofertando segurança e conforto”, diz Correia, que além do moderno consultório, conta com excelentes profissionais parceiros, como o protético Eduardo Trevisan.

E aí, concorda com a gente de que a tecnologia na odontologia em Curitiba é uma excelente forma de beneficiar pacientes e profissionais?

Informações do Autor

Dr. Sergio Correia

Formado em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná em 1997. Professor do Curso de Resolução Cirúrgica de Dentes Inclusos ABO-PR. Especialista em Dentística Restauradora ABO-PR (Latu Sensu). Especialista em Periodontia ABO-PG (Latu Sensu). Credenciado Sistema Neoguide de Implantes. Pós Graduado em Implantes Ilapeo/PR. Membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE). Membro International Federation of Esthetics Dentistry (IFED).