Dia Nacional da Saúde Bucal: prevenção em primeiro lugar

saude-bucal

Data reforça a preocupação em prevenir problemas bucais com segurança. Cuide da sua sáude bucal!

O Dia da Saúde Bucal é celebrado em todo o país em 25 de outubro. A data, criada no início dos anos 2000, serve para orientar as pessoas sobre a importância da saúde da boca, maior cavidade do corpo a ter contato com o exterior, sendo assim, a porta de entrada para o organismo. Para isso, é preciso ter atenção quanto aos cuidados com a higienização bucal, a procura e cuidado de bons profissionais em um ambiente seguro e adequado.

Prevenção!

Essa é a palavra-chave para se evitar qualquer tipo de problema relacionado aos dentes e à saúde bucal. A prevenção começa com uma boa higienização dental em casa, realizando a escovação completa, detalhada, com o uso do fio dental e do enxaguante bucal. É importante que a pessoa esteja atenta, evitando que seja um ato realizado no automático.

Além disso, as visitas periódicas ao dentista também fazem parte dos bons cuidados com a saúde bucal. Na consulta, é realizada a profilaxia, isso é, a limpeza dos dentes, e toda a avaliação da boca, gengiva e dentes. O profissional pode solicitar exames de imagem para complementar a avaliação e realizar um diagnóstico mais amplo. 

Importante lembrar que, em caso de doenças, quanto antes o diagnóstico e o início do tratamento, melhor. Outros tipos de casos podem fazer com que o dentista indique o paciente para outros profissionais, como no caso de câncer de boca.

Cuidados extras com a saúde bucal

Alimentação balanceada, uso consciente do açúcar, evitar consumo de álcool ou fumo são alguns dos hábitos que também favorecem a saúde bucal. Por outro lado, algumas atitudes desfavorecem a saúde bucal, como roer as unhas, palitar os dentes ou até mesmo aquele jejum prolongado.

“Essas ações muitas vezes são automáticas e as pessoas nem imaginam que fazem mal aos dentes ou à boca como um todo. A conscientização é necessária em todos os sentidos”, alerta Sergio Correia, dentista no Batel, em Curitiba.

Biossegurança e tecnologia

Para se certificar de que o pacote “cuidados em casa e no consultório odontológico” está completo, é importante verificar alguns pontos, como a limpeza do consultório, o uso de materiais certificados, a capacitação contínua, entre outros. Veja outros tópicos que garantem a biossegurança no consultório aqui.

O uso de equipamentos tecnológicos, que acompanham a evolução dos tratamentos, também demonstram a atualização do profissional e sua capacitação, características que beneficiam tanto o dentista quanto os pacientes, que podem contar com resultados mais precisos e perfeitos.

“A gente sempre fala sobre prevenção. Mas esse é um tema que precisa ser sempre lembrado, para que mais pessoas se conscientizem de que é melhor prevenir, deixar a saúde bucal em dia, do que depois tratar”, diz Correia.

Precisando agendar uma avaliação ou tirar alguma dúvida sobre procedimentos? Entre em contato e cuide da sua saúde bucal!