(41) 99201 2700 (41) 3027 7200 sergiocorreia2700@me.com
dentes-dos-idosos

Dentes dos idosos: cuidados e mitos

O avançar da idade exige mais atenção com a saúde bucal. Veja alguns cuidados e mitos relacionados aos dentes dos idosos

Escovar os dentes pelo menos três vezes por dia, usar fio dental e enxaguante bucal, visitar o dentista com regularidade. Muitas vezes, apenas cumprindo esses quesitos é possível manter a saúde bucal em dia, sem grandes problemas. Mas, com o passar dos anos, somente essas prudências não são suficientes. Estresse diário, uso de medicamentos e maus hábitos na alimentação fazem com que os dentes dos idosos fiquem mais frágeis e necessitem de mais atenção.

Com o passar dos anos, consultar-se com um dentista periodicamente é uma das maneiras mais convenientes de manter a saúde em dia. Vale lembrar que, ao cuidar dos dentes, os benefícios são sentidos tanto na autoestima quanto em outros pontos, como a alimentação.

Principais causas e consequências

Retração gengival, aumento de cáries e hipersensibilidade são alguns dos problemas que os idosos podem enfrentar. “Boca seca, devido à falta de saliva, também está entre os principais incômodos dos idosos. Até ela merece atenção, pois pode estar relacionada a outras doenças e simplifica o surgimento de cáries e casos ligados à periodontia”, afirma o dentista Sergio Correia, profissional com experiência de mais de 20 anos.

Alguns quadros de doenças, como diabéticos, celíacos ou cardíacos, também podem afetar a saúde dos dentes. “É importante manter o acompanhamento multidisciplinar, principalmente antes de iniciar tratamentos ou procedimentos invasivos”, comenta o dentista.

Correia também lembra que o diagnóstico precoce é benéfico, visto que facilita o tratamento e minimiza os danos, principalmente em situações pontuais, como os problemas nas gengivas. “Casos como o de gengivites são reversíveis em estágios iniciais, sendo assim, o diagnóstico e início de tratamento cedo ajudam”, diz.

Mitos e verdades sobre os dentes dos idosos

Idosos podem usar aparelhos ortodônticos? Pessoas que já tiveram periodontites podem colocar aparelhos? Muita gente responderia essas perguntas de forma negativa, alegando que os dentes dos idosos não podem ou devem ser alinhados com a ortodontia.

Mito! Idosos podem realizar tratamentos com a ortodontia, mesmo os que já tiveram problemas periodontais. “A indicação será feita pelo profissional, que apontará a necessidade ou não do tratamento ortodôntico, bem como realizar outras indicações de procedimentos, sempre cabíveis aos idosos”, comenta Correia, lembrando da importância da autoestima na vida das pessoas.

Preocupado com a sua saúde bucal? Procurando um dentista para tratar dos dentes dos idosos da sua família? Venha conhecer a nossa clínica e agende uma consulta.

Informações do Autor

Dr. Sergio Correia

Formado em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná em 1997. Professor do Curso de Resolução Cirúrgica de Dentes Inclusos ABO-PR. Especialista em Dentística Restauradora ABO-PR (Latu Sensu). Especialista em Periodontia ABO-PG (Latu Sensu). Credenciado Sistema Neoguide de Implantes. Pós Graduado em Implantes Ilapeo/PR. Membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE). Membro International Federation of Esthetics Dentistry (IFED).